Notícias SINDAEMA

14 de março de 2019 às 20h44

Fala Trabalhadora! Entrevistamos a empregada Joyce Alves Lopes

A entrevista desta semana é com a empregada Joyce Alves Lopes, natural da cidade de Cataguases – MG. Desde sua admissão na Cesan, em maio de 2012, trabalha em Piúma, no litoral sul do Estado, como Operadora de Estação de Tratamento B. Nesta conversa ela nos conta um pouco da sua jornada na Cesan e dos desafios encontrados.

 

Sindaema – Conte-nos como foi sua vinda para a Cesan.

Joyce – Concluí meu curso Técnico em Meio Ambiente e surgiu a oportunidade de fazer o concurso da Cesan. Após pouco mais de um ano, fui convocada e ingressei na ETA de Píuma.

 

Sindaema - Você trabalhou em algum lugar antes da Cesan?
Joyce - Trabalhava no Projeto Tamar, na área de campo. Eu fazia proteção e monitoramento de ninhos de Tartarugas Marinhas e também resgate de aves e de outros animais marinhos.


Sindaema - Fale sobre sua rotina de trabalho.
Joyce - O trabalho de operadora se resume, principalmente, no monitoramento da qualidade da água. Todo trabalho exigido no dia a dia como análises, lavagens e correções de dosagens de produtos químicos, buscam sempre o objetivo final, que é o de fornecer à população a melhor água possível.

 

Sindaema - Como é a sua relação com os colegas de trabalho?
Joyce - Procuro o que se há de melhor em qualquer convivência, que pra mim é o respeito, a gentileza e a empatia. Qualidades que procuro melhorar cada vez mais. Em todos os meus colegas eu sinto reciprocidade e são pessoas que eu mantenho por perto e que levarei por toda a vida.

 

Sindaema - Você se sente respeitada, como mulher, na função em que exerce?
Joyce - Me sinto respeitada, porém esse respeito não vem do dia pra noite, principalmente numa profissão que foi, por muitos anos, exercida somente por homens, e ainda, com lugares onde a estrutura e as condições de trabalho não nos favorecem. Mas, com o exemplo de outras operadoras, me sinto motivada e sinto as evidências da nossa competência.


 

Sindaema - Qual foi o seu maior desafio na Cesan?
Joyce - A expectativa de entrar na empresa foi grande, mas eu não tinha me atentado ao detalhe de que eu iria trabalhar sozinha em local afastado. Inicialmente contei com o apoio da minha família, especialmente do meu pai que me acompanhava no turno da noite. Essa insegurança foi passada ao meu gestor e dei entrada no processo administrativo, através do qual consegui a instalação de câmeras de segurança na ETA. O objetivo final é alcançar o padrão de segurança das ETAS da Grande Vitória, pois no interior, infelizmente, o progresso é mais demorado. Mas com a nova gestão, acredito que vá melhorar.

 

Sindaema - O que você gostaria de falar para todas as mulheres em relação à luta contra a violência?
Joyce - É muito importante falar sobre o assunto, pois existem vários tipos de violência, como a física, a emocional e até a moral. E, às vezes, a mulher está passando por determinada situação, como por exemplo, assédio moral no ambiente de trabalho e não se dá conta de que isso é um tipo de violência, pois não tem conhecimento do assunto. Mais importante do que falar sobre o assunto, é não se calar diante de qualquer situação e denunciar, mesmo que se tenha medo ou vergonha. Quanto mais mulheres denunciarem, mais mulheres vão se sentir encorajadas a denunciar também, ajudando a diminuir os casos de violência.

 

Sindaema -  Quais são seus objetivos profissionais dentro da Cesan?
Joyce - Adquirir mais experiência e conhecimento na área de saneamento, buscando realizar meu trabalho com a responsabilidade que a função exige. 

 

Sindaema - O que você espera desta gestão do sindicato?
Joyce - Espero um sindicato mais próximo dos trabalhadores e que juntos possamos ter voz forte para mantermos os direitos já conquistados e, principalmente, que novas conquistas sejam alcançadas.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O SINDAEMA


O Sindicato dos Trabalhadores em Àgua, Esgoto e Meio Ambiente do Espírito Santo completou 50 anos de história em 2013. Possui cerca de 2 mil associados – são trabalhadores da Cesan e dos Saaes, Serviços Municipais de Água e Esgoto. Sua sede está localizada no Bairro do Moscoso, em Vitória.