Notícias SINDAEMA

22 de novembro de 2017 às 20h00

Fama 2018 é apresentado em Seminário na Câmara dos Deputados

Nesta quarta-feira, 22 de novembro, o presidente do Sindaema Fábio Giori participou do Painel III do Seminário Nacional do FAMA 2018- “Garantir à Água como Direito e não Mercadoria”, em Brasília. O evento foi organizado pela Comissão de Desenvolvimento Urbano na Câmara dos Deputados, presidida pelo deputado Givaldo Vieira, e pela FNU. Os diretores Leon Ancilotti e João Ramos também marcaram presença no evento.

Em sua exposição, Giori apresentou os objetivos do Fama 2018, que será realizado no mês de março, na Universidade Federal de Brasília. Entre eles, democratizar as discussões sobre o acesso e proteção dos recursos hídricos, denunciar a ilegitimidade do Fórum Corporativo, propor e cobrar ações dos governos, discutir políticas públicas de acesso universal aos serviços de saneamento e promover a tomada de consciência política da sociedade. “Tratar o tema da água não é fácil, pois são várias pessoas com concepções diferentes do uso dos recursos hídricos”, afirmou.

Fábio também criticou o evento que estava acontecendo simultaneamente na Câmara dos Deputados, que era uma audiência pública para discutir o uso e o racionamento da água nesse período de crise. O evento contava com a presença de Marcos Thadeu Abicalil, consultor do Banco Mundial. “Eles publicaram um artigo que apontava quais medidas deveriam ser tomadas para desenvolver o país com equilíbrio fiscal. Em resumo, eles diziam: privatizem todos os serviços públicos. Temos que denunciar os interesses do Banco Mundial em relação ao saneamento”.

De acordo com Fábio, o Banco Mundial financia empresas privadas, como a Aegea, que está envolvida em diversos esquemas de corrupção e que ganhou a licitação da PPP de Vila Velha. “Qual é a moral que o Banco Mundial tem para vir no Brasil e dizer que para desenvolver o Brasil tem que privatizar tudo? Eles não têm índole alguma. Temos que resistir e dizer que o saneamento básico nem a água estão à venda”, disparou.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O SINDAEMA


O Sindicato dos Trabalhadores em Àgua, Esgoto e Meio Ambiente do Espírito Santo completou 50 anos de história em 2013. Possui cerca de 2 mil associados – são trabalhadores da Cesan e dos Saaes, Serviços Municipais de Água e Esgoto. Sua sede está localizada no Bairro do Moscoso, em Vitória.