Notícias SINDAEMA

05 de outubro de 2017 às 18h13

Trabalhadores da BRK Ambiental rejeitam proposta da empresa

Os trabalhadores da BRK Ambiental, em Cachoeiro de Itapemirim, rejeitaram por unanimidade o Acordo Coletivo proposto pela empresa, em Assembleia realizada no refeitório da mesma na tarde da última quarta-feira, 04.

A BRK Ambiental propôs 3,5% de reajuste nos salários, aumento de 5% no Ticket Alimentação e demais cláusulas econômicas. A PLR permaneceria nos moldes do ano passado, o Auxílio Filho Excepcional seria ampliado apenas até o fechamento do ACT de 2019 e o pagamento dos exames toxicológicos somente para os trabalhadores com carteira nas categorias C, D e E que atualmente utilizam os carros da empresa para serviço.

No entanto, todos consideraram a proposta da BRK bem abaixo da esperada. Eles reivindicam 5,5% de reajuste salarial e demais cláusulas econômicas, Ticket Alimentação de R$ 1.000,00, ampliação dos exames toxicológicos nas categorias citadas também para quem já utilizou os carros da empresa para trabalhar, duração por tempo indeterminado do Auxílio Filho Excepcional.

Além disso, eles exigem o retorno da porcentagem de ganho financeiro nas avaliações praticadas pela empresa, um novo PCR que garanta crescimento na carreira, um Plano de Previdência nos moldes da odeprev e  que a empresa permita aos trabalhadores, que quiserem, sacarem o dinheiro das contribuições já feitas e a revisão da Compliance, ou seja, do código de conduta da empresa.

Entre os protocolos mais polêmicos a serem revisados na compliance, estão a proibição dos funcionários de realizarem trabalhos extras em suas folgas e a proibição de relacionamentos com políticos, o que está causando revolta na categoria.

Vamos permanecer na luta em defesa dos interesses dos trabalhadores da BRK. Vamos comunicar a empresa e marcar nova reunião de negociação. A luta continua!

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O SINDAEMA


O Sindicato dos Trabalhadores em Àgua, Esgoto e Meio Ambiente do Espírito Santo completou 50 anos de história em 2013. Possui cerca de 2 mil associados – são trabalhadores da Cesan e dos Saaes, Serviços Municipais de Água e Esgoto. Sua sede está localizada no Bairro do Moscoso, em Vitória.