Notícias SINDAEMA

21 de dezembro de 2017 às 13h34

Unidade é a palavra de ordem!

Independente da orientação política de cada trabalhador e trabalhadora uma coisa é fato: os anos de 2016 e 2017 foram áridos para a classe trabalhadora. O congelamento dos investimentos em serviços públicos essenciais pelos próximos 20 anos, a aprovação da lei do programa de participações e investimentos (PPI) - que pode acarretar na privatização de diversos serviços públicos essenciais e estratégicos -, a aprovação da lei de terceirização e da reforma trabalhista, são exemplos claros do retrocesso com retirada de direitos.

 

Contudo, esses últimos anos também foram marcados por muita luta e resistência: a realização da maior greve geral da história do país no dia 28 de abril, a resistência contra as privatizações de diversas empresas de saneamento, como no caso da CEDAE, e a postergação para o ano de 2018 da votação da reforma da previdência são grandes exemplos.

 

E o que esperar do ano de 2018? O ano que já se vislumbra também será muito difícil. As negociações dos acordos coletivos vão ter que seguir a ordem da manutenção dos direitos já conquistados. As lutas contra as privatizações e a reforma da previdência terão que ser travadas com muito afinco e determinação.

 

Diante deste cenário a palavra de ordem deve ser a unidade da classe trabalhadora e o fortalecimento das entidades sindicais. Mais do que nunca, a participação ativa dos trabalhadores e trabalhadoras se faz necessária para superar a crise política e institucional que assola o Brasil. A filiação é o principal instrumento de resistência e atender aos chamados das centrais, federações e sindicatos para os acordos coletivos, manifestações e greves se torna vital.

 

Este momento pede força e resistência, devemos permanecer unidos. É preciso renovar as energias e acreditar que é possível superar os obstáculos apresentados. Por isso, o SINDAEMA-ES eleva seus votos de Feliz Natal e Próspero Ano Novo aos trabalhadores e trabalhadoras e a todos os seus amigos e familiares. Que possamos cear com o coração manso e tranquilo para que possamos iniciar 2018 com muita fé, esperança e convicção de que a classe trabalhadora é forte e capaz de ser protagonista da sua história de lutas e conquistas.

 

Contamos com vocês em 2018! 

 

Fábio Giori Smarçaro

DEIXE SEU COMENTÁRIO

O SINDAEMA


O Sindicato dos Trabalhadores em Àgua, Esgoto e Meio Ambiente do Espírito Santo completou 50 anos de história em 2013. Possui cerca de 2 mil associados – são trabalhadores da Cesan e dos Saaes, Serviços Municipais de Água e Esgoto. Sua sede está localizada no Bairro do Moscoso, em Vitória.