Sindaema visita trabalhadores da operação

Atendendo à solicitação de duas trabalhadoras da operação, o Sindaema esteve nesta quinta-feira, dia 1º, em Vale Esperança, onde se reuniu com quatro operadores (as), que informaram ter solicitado o encontro em nome de um grupo de operadores que gostaria de apresentar seus questionamentos e dialogar sobre mudanças na escala de trabalho.

O sindicato ouviu todas as demandas apresentadas, bem como informou sua constante atuação na busca pela manutenção da escala 4×4, compreendida como demanda prioritária. Desde o início do impasse apresentado, o Sindaema se posicionou favorável à escala 4×4 e alertou para os riscos que estavam por vir, em virtude dos acontecimentos mais recentes.

O sindicato tem atendido diversos trabalhadores e empenhado todos os esforços para dialogar com a empresa e buscar soluções para garantir a manutenção da escala 4×4.

Os trabalhadores questionaram o sindicato sobre a situação do então diretor do Sindaema Carlos Magno, que está entre os que entraram com ação. O sindicato informou que respeita o acordo firmado e não patrocinou essa ação. Carlos Magno pediu renúncia do seu cargo na direção sindical, através de documento enviado por e-mail à entidade, em 24 de julho de 2020.

O Sindaema explicou ainda que o tema da mudança da escala é complexo, e não está sendo baseado apenas nessas últimas ações, pois envolve outros processos, como o 1322 (processo antigo com cerca de 25 trabalhadores, referente à hora de intervalo), com multa diária sobre a hora do intervalo de 3 vezes o valor da hora, entre outros que também têm peso na decisão da diretoria.

Diante das dúvidas da categoria e com a dificuldade de obter um posicionamento mais claro da empresa, o Sindaema convocou reuniões on line com os trabalhadores, que acontecerão na próxima semana, nos dias 5 e 7, com o objetivo de ouvir a maioria dos envolvidos, desde a Grande Vitória até o interior do Estado, para construirmos uma proposta e estratégia de apresentação à diretoria da empresa.

O objetivo principal de realizar reuniões na modalidade virtual é ouvir o maior número de trabalhadores, pois o formato permite a participação de 100% dos que trabalham de escala, uma vez que as duas reuniões serão realizadas em datas diferentes, além de serem previamente divulgadas.

O sindicato já realizou outras duas reuniões virtuais com os operadores nos dias 11 e 13 de agosto, quando obteve grande participação.

Além disso, desta maneira, segue os protocolos da empresa, que também tem optado por reuniões on line para tratar suas demandas, em virtude da prevenção ao coronavírus.

O Sindaema se propôs ainda a discutir e definir nessas reuniões on line, outras reuniões presenciais, com grupos menores, a exemplo deste que procurou o sindicato nesta quinta-feira, e de outro que o sindicato atendeu semana passada em Jardim Camburi, para não expor ninguém a risco de contaminação, mas mantendo o compromisso de tratar o assunto de maneira produtiva e objetiva.

Também foi discutida a inclusão de participantes na reunião de mediação do MPT, do dia 14/10/2020, sobre o acordo coletivo com a Cesan.

Contamos com a participação de todos nas reuniões de segunda e quarta-feira, para que juntos possamos discutir propostas de encaminhamento para solucionar esse problema, que tem tirado o sono e comprometido até a saúde de muitos trabalhadores.

Defendemos a manutenção da escala 4×4 e estamos certos de que sairemos ainda mais fortes e unidos desta luta.

CONVÊNIOS